Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Minha Vida e Eu

Uma mudança de inicio de ano, mudar para inspirar!

15
Ago18

Férias, as minhas ricas férias.

Ana Gomes

Como sabem já acabaram agora só me resta mais 5 dias em casa para tratar da roupinha suja e tentar descansar!

Mas como em todos os anos eu marquei as férias de 2018 em agosto de 2017... preços mais baratinhos com cancelamento gratuito.

Perto da partida (uma semana antes) decidi mudar o hotel! What? Sim isso mesmo decidi que não ia cair na asneira de experimentar um novo hotel como em 2017 e ficar desiludida, afinal tinham sido 3 anos seguidos a ir para o mesmo local.

Em cima do acontecimento e quase que por milagre consegui uma reserva no meu paraíso para o descanso, ali bem na praia da Falésia do lado de Albufeira.

O Hotel escolhido Adriana Beach Club, o meu local de descanso com tudo incluído... sim TUDO INCLUÍDO, para além de ali ao lado ao descer uma escadaria na falésia temos uma praia para nós com espreguiçadeiras do hotel à nossa disposição.

Bem são 4 anos sempre no mesmo local, mas como não faço intenção de conduzir ou conhecer nada numa semana em que só tenciono estar esticada ao comprido a ler e encher o bandulho para mim o Adriana é o melhor!!!!

Animação o dia todo, Kids Club para os pequenos e graúdos (4 aos 17 anos), jogos, atividades, para além de ter um quiosque lá dentro com jornais, presentes, pequenos essenciais (medicamentos, produtos de higiene) o que mais poderia pedir? Nada, só uma semana de descanso que se revelou bem proveitosa.

Tiramos as fotos da praxe a nossa selfie...

feria alg1.jpg

 

Bem como a foto dos pequenos desde o primeiro ano que para aqui vimos!

ferias alg2.jpg

E agora as fotinhos do hotel e da praia... garanto que vale a pena, todos os anos vermos as mesmas caras do staff que já nos reconhecem, ver os mesmos clientes começa a fazer parte da nossa vida é quase como a nossa família!

Não são muitas pois decidi que não iria passar as férias agarrada ao telemóvel.

alg.jpg

alg3.jpg

feria al.jpg

 

Nota mental, como em qualquer hotel em que haja ingleses lembrem-se de acordar pelo menos às 6h da matina para reservar cadeiras na piscina com as toalhas apesar de o hotel o proibir. 
Este ano surpreendentemente às 8:30 ainda conseguíamos apanhar cadeiras disponíveis porque a lotação do hotel era composta por TUGAS, Franceses e Alemães gente mais civilizada... (que me desculpem os ingleses mas é verdade).

 

Saída domingo do Algarve com rota para Lisboa, chegada ao destino apeteceu-me fazer inversão imediata na Ponte Vasco da Gama para fugir aos condutores desrespeitosos da capital! 

Bem continuemos... chegados a Lisboa seguimos até Amadora... destino Kidzania!

Sim isso mesmo fomos até à Kidzania para os pequenos se divertirem, já algum tempo que nos pediam para lá irmos. 

Sinceramente não levava as expectativas muito altas mas depois de lá entrar parecia uma criança. Um mundo pequeno onde eles têm de trabalhar para comprarem alguma coisa ou se divertirem. 

Uma forma de eles aprenderem a gerir dinheiro e entender o que custa aos pais trabalhar!

Muito giro e divertido. 

Assim estavam quase a terminar as nossa férias, mas restavam ainda 2 dias em Lisboa o que fazer?

Segunda procurei... pesquisei mas não me queria enfiar na Baixa da capital por isso decidimos pegar no carro e metermos pés ao Caminho e toca a ir até Mafra. 

Chegamos pelas 10:30 e fomos ao único local que me chamava para visitar o Palácio Nacional de Mafra, compramos o bilhete e lá fomos nós, visitar o palácio a igreja os jardins... adoramos!

Saímos do palácio uma hora depois, já com os souvenirs e decidimos que como ainda havia tempo iríamos almoçar a Colares à Praia Grande... matar saudades de um fim de semana prolongado que lá passamos. 

Lá fomos nós pelas estradas daquelas belas terrinhas, deste Bolelas, a São João das Lampas, Magoito e até Azenhas do Mar... até que entramos em Colares e aquele descida para a Praia Grande alegra as vistas!

sintra.jpg

...

 

Hora de jantar, hospedados na zona de Alvalade andei eu a pesquisar um local para jantarmos que tivesse pelo menos sopa para o mais pequeno. Entre o 100 Montaditos, ao macdonald's, KFC acabamos por descobrir uma pequeno tasco com sopa numa transversal do Campo Grande, era hora de meter pés ao caminho. 

Lá fomos nós desde o hotel até ao Borges... 10 minutos a pé, mas quando lá chegamos estava fechado para obras! 

Ok e agora? Olhei para a frente e leio FRANKIE Hot Dog!!! 

Hhhhhmmmmmm não era bem o que tinha pensado para o pequeno mas depois no hotel pediria uma sopa para ele. 

Entramos e fomos surpreendidos pela variedade de cachorros quentes, por de facto terem um menu infantil, por serem tão flexíveis nos pedidos. 

Um ambiente sereno, casual e acolhedor, um staff fantástico e os cachorros??? Bem os cachorros são de comer e chorar por mais!

Um local a voltar e pelos vistos há 2 Frankie em Lisboa (Campo Grande e Saldanha) e no Porto na Rua do Almada! 

Aconselho e deixo-vos aqui a foto para se babarem!

frankie.jpg

Não ficamos por aqui... nem pensar... no ultimo dia hoje (terça 14/8) tínhamos bilhetes para ir ao Pavilhão do conhecimento e o melhor de tudo é que os miúdos simplesmente adoraram.

Anotem nas vossas agendas levarem os miúdos ao Pavilhão do conhecimento, deixarem-nos explorar tudo e aprender com a ciência, nós ainda tivemos sorte e apanhamos a exposição dos angry birds por lá que para mim deixa muito a desejar.

pav cie.jpg

Terminada a visita ao pavilhão do conhecimento não queria eu vir muito tarde de regresso ao Porto e por isso decidi que era hora de almoçar e seguir caminho para o norte... e assim se passaram 10 dias de férias longe de casa, longe de papeis e agora só resta começar a preparar-me mentalmente para mais uns mesinhos de trabalho porque este ano tenho férias em Dezembro!!!

 

 

 

 

 

03
Ago18

Quando eu sonhava com um beliche...

Ana Gomes

Acho que todos nós em miúdos sonhamos em termos um beliche certo?

Bem eu pelo menos sempre quis ter um achava um ideia engraçada, mas a minha mãe dizia-me sempre que não era viável.

 

Passaram-se anos e anos e hoje entendo perfeitamente o porquê do achava engraçado e o não era viável da minha mãe.

Na antiga casa o quarto dos pequenos era como eles bem pequenino e meter dois rapazes a dormir lá ia ser uma aventura pois se queria um roupeiro lá teria que ter uma única cama, o dito beliche! 

Os primeiros tempos foram maravilhosos com o beliche, já que não era eu que fazia as camas... sim eu naquele tempo não fazia sequer as camas de manhã, foi na era em que eu era desorganizada! 

 

No primeiro verão com o dito cujo lá em casa disse mal da minha vida... fazer as camas era um pesadelo... ter de arrastar o beliche para conseguir ir ao outro lado porque estava encostado a uma parede. 

Então fazer a cama de cima era quase quase uma missão impossivel. 

 

Ao fim de 6 anos, mudei de casa e dei de caras com... um beliche!!!!! WHAT???

A minha sorte foi ter percebido que aquele beliche se transformava em duas belas camas de solteiro... e nem imaginam o quanto eu adoro aquelas duas camas. A facilidade com que consigo fazer as camas sem ter de arrasta-las, sem ter de me pendurar... aaaaahhhhhh é tão bom! 

 

Hoje em dia são os meus filhos a pedirem-me para terem um beliche e revejo-me nas palavras da minha mãe é inviável ter um... cheguei a explicar so mais velho o porquê e questionei se ele faria a cama no beliche. 

Resposta pronta dele "mãe deixa lá o beliche, esta caminha está óptima!" sorri e pensei para comigo ainda bem... 

 

 

Prometo não voltar cá mais durante as férias... ou não! 

 

02
Ago18

Assim não dá...

Ana Gomes

Estou de férias sou a única funcionária que estou pela zona da empresa, mas também não abusem porra!

Preciso de férias e já me chegam os putos para de me azucrinarem a cabeça, agora ter o colega a ligar porque o cliente X está a pedir o BL ou porque não pagamos o transporte a Y... xiça!

Primeiro resmunguei mas depois acabei por ir verificar o que se passava... infelizmente sou assim e é por isso que nunca mas nunca levo o meu portátil de férias para não ter hipotese de trabalhar.

A partir de hoje o telemóvel está desligado... vou arranjar um número só para o trabalho e um só para amigos e família, mas não iria resultar porra... afinal o patrão é pai e os colegas 1/3 são meus irmãos!

01
Ago18

Queque de Aveia e Banana

Ana Gomes

Como vocês sabem estou de férias ou supostamente deveria estar e não estar no blog. mas como férias com miudos em casa é uma aventura só ontem tornamo-nos cozinheiros e passamos o dia na cozinha. 

Para almoço fizemos uma pizza com ingredientes caseirinhos e de tarde para o lanche uns queques. 

Postei lá no instagram e como houve vários pedidos de receita decidi vir aqui hoje já que estou a tentar resolver um probleminha no PC do filhote e colocar aqui a receita para vocês.

 

Capturar.PNG

 

Ingrediente:

150g aveia triturada 

100g de leite (pode ser normal, de amendoa, soja o que quiserem)

3 bananas maduras e partidas aos pedaços

3 ovos inteiros

1c. chá de canela

1c. chá de fermento

 

Opcional

pepitas de chocolate 

pedaços de fruta

 

 

Receita

Pré aquecer o forno a 180ºC.

Triturar a aveia, juntar todos os outros ingredientes e misturar bem até se formar uma papa. 

Se quiser adicionar as pepitas ou a fruta e mexer com uma colher de pão.

Untar as formas com óleo e farinha.

Verter o preparado até encher a forma e colocar no forno por 25 a 30 minutos.

 

Bom Apetite! 

 

26
Jul18

Hoje é dia dos Avós!

Ana Gomes

E eu só tenho a agradecer ao meu querido Avô Mário pelos bons momentos. 

Foi o único avô que conheci! Que me viu crescer, que eu vi na vida! 

Um avô que todas as sextas feiras aparecia lá em casa para lanchar connosco, que me fazia sair das aulas a correr para ir para casa abraça-lo. 

Vê-lo dar-nos uma moeda de 100 escudos para irmos à padaria ao lado comprar um chocolate para cada neto! 

Recordar-me dos momentos de verão em que iamos a casa dele de tarde, ficavamos no jardim a apanhar amoras para lhe fazer compota! 

Os passeios no seu velhinho mercedes, onde em todas as ruas que passavamos o avô cumprimentava alguém! 

Hoje é uma estrela que me guia todos os dias, que deixou uma saudade imensa dentro de mim, mas que me faz querer ser boa pessoa todos os dias! 

Obrigada Avô Mário por me teres deixado fazer parte da tua vida! 

25507761_1903049169735789_7963444566580982125_n.jp

Agora aos meus outros avós (pais), tenho a agradecer o facto de deixarem os meus filhos fazerem parte da vida deles, criando memórias com eles como eu criei com o meu avô! 

É bom poder ver os meus filhos em casa dos avós a brincarem com eles e crescerem com os avós que os apoiam e os ajudam! 

Obrigada em especial à minha mãe por toda ajuda que nos presta desde que os meus filhos nasceram, que sempre que foi necessário esteve connosco nos bons e maus momentos! 

Obrigada também aos avós paternos que apesar de não estarem diariamente com eles, fazem com que as idas lá a casa sejam sempre uma alegria! 


Um Feliz dia dos Avós para todos os que são avós, para quem tem avós e para quem já os teve mas está cheio de saudades! 

 

25
Jul18

Toda a logística de ir à Praia

Ana Gomes

Bem... este é um assunto um pouco complicado de falar. 

Tuga que é Tuga e que se preze tem que levar o essencial para a praia! 

Ora pois bem o essencial de um Tuga inclui:

- guarda sol

- pára vento

- tenda

- cadeirinha

- toalha

- saco da marmita

- garrafão de sumo

- toda uma parafernália de entretenimento (bolas de praia, raquetes, colchão insuflável)

 

Mas descobri no final de semana passado que há muito mais a levar do que isto ou mesmo que certos "essenciais" agora são coisa de outro mundo para mim! 

Praia de Matosinhos pelas 8:30 da manhã, praia deserta e eu com os putos toca a entrar pelo areal dentro! Para mim a praia começa cedo e acaba pelas 11:30 ou seja eu saio e entra o verdadeiro Tuga! 

Estava eu descansada a ver o meu filho mais novo a fazer os seus castelinhos na areia numa manhã de nevoeiro quando vejo um casal a chegar à praia com o material todo incluindo a campingaz! 

Continuei a brincar com o pequeno quando me deparo com todo um esquema de montagem de um pára vento, o senhor muito cuidadoso a esticar o tecido e colocar mais ou menos espetados os paus na areia. Quando de repente o vejo a dirigir a mão à sua senhora e a mesma vai ao saco e tira um objecto de lá! Advinham o que foi??? Pois eu também não advinhava até o ver! 

A senhora passou-lhe um martelo de borracha para o homem enterrar as estacas do pára vento na areia! 

Pára vento montado toca a colocar o guarda sol, a campingaz à sombrinha junto com a cadeira de braços. 

A partir do momento que vi o martelo não fui a mesma... comecei a reparar em todas as pessoas que me rodeavam, afinal eu não sou Tuga! 

Ora à minha direita estava um senhor a montar o género de uma tenda de campismo, outro mais abaixo estava um guarda sol com umas orelhas que formavam a tenda... ora à esquerda tinha um casal em que ele se sentava numa cadeira de costas rebativeis em quanto a sua senhora se deleitava no areal. 

Agora penso, será que essencial para esta malta é o mesmo que para mim?

 

 

 

 

24
Jul18

Educação

Ana Gomes

Na semana passada fiquei um pouco escandalizada quando um cliente em desabafo me pede uma encomenda urgente porque os filhos estão a chegar para férias. 

Primeiro pensei de onde viriam os filhos e depois percebi que as crianças estudavam fora. Tudo trés chic pour moi apesar das crianças estudarem em Inglaterra. 

Então o senhor estava charlatanismo porque queria aquilo com urgência e em quanto se lamentava acabou por dizer que os rapazolas são uns irresponsáveis e diz ele mesmo que "todos os rapazes são assim como os meus!"

Não senhor... não são! Pensei eu! 

Segundo entendi pela conversa dele, os pais não conseguem ter "mãos" nos miúdos já adolescentes. Pelos vistos fazem o que querem o que lhes apetece... está mal! 

Em jeito de brincadeira perguntei se ele queria que lhe envia-se por uma semana os meus para o pé dos dele a jeito de dar a entender que todos fazem asneiras mas que a educação vem de casa. 

A conversa continua à volta da educação que cá podemos dar (as palmadinhas) e que lá não é permitido porque são presos! Eu fiquei a olhar para o senhor e a pensar estás a gozar comigo só podes, se tivesses dado educação desde pequenos não estarias a lamentar-te! 

Continuava as lamentações até porque um deles já se tinha virado à mãe para lhe bater... como??? Aqui, fiquei a olhar para o rapaz de lado e a pensar "não lhe chegas-te a roupa ao pêlo primeiro?!" e ele continua a dizer que os adolescentes (filhos) fazem chantagem psicológica se eles (pais) não fizerem o que eles pedem! 

Sim sim... os meus levavam com a chantagem psicológica de uma maneira que passava-lhes a neura. 

A conversa durou mais ou menos 15 a 20 minutos em torno da má educação dos filhos, até que o cliente me diz que tudo vem da má educação que o colégio em Inglaterra lhes dá! 

Não, não e não... BASTA! Fiquei a fumegar nisto, o cliente entendeu e tentou desculpar-se "ah a senhora se calhar não tem filhos, ou são ainda pequenos! quando são pequenos eles obedecem sempre aos pais!" 

Opá esta foi a última e então saiu-me o belo do discurso de mãe galinha e leoa que sou:

"Tenho 2 rapazes sim! 
Os rapazes não são todos iguais... a educação não tem que ser dada na escola/colégio tem que vir de casa dos pais ou cuidadores. Não pode imputar responsabilidades aos professores e auxiliares da escola onde eles estudam quando vocês pais são os primeiros a negligenciar a educação dos vossos filhos! 
Não é porque os rapazes andam num colégio XPTO que vão ser mais ou menos educados que os outros! Todos os miúdos fazem asneiras e de vez em quando se passam da cabeça, mas educação tem sempre de ser dada pelos pais!"

O rapaz, com a minha idade, ficou tão atordoado que me pediu que lhe liga-se quando a encomenda estivesse pronta e saiu! 

Fico possessa com estas coisas...

 

Resumindo e concluindo:

1. Entendi que eles (pais) nunca colocaram limites e regras às crianças

2. Culpabilizam o sistema educativo inglês

3. Que foram pais permissivos de mais e agora querem retroceder na educação e não conseguem

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

instagram

Twitter

As minhas Leituras